Sobre o Conselho e o Blog

O Conselho de Cidadãos da Área da Baía de São Francisco é formado por brasileiras e brasileiros pertencentes à diversos setores da comunidade. Ele é um elo entre o governo brasileiro, representado pelo Consulado, e a sociedade civil no exterior.  O Conselho reúne-se periodicamente na sede do Consulado em São Francisco para discutir temas ligados aos serviços consulares, à política do governo brasileiro para a comunidade que vive no exterior, bem como sobre assuntos locais de interesse da comunidade. Estes encontros também são momentos únicos para que os membros da comunidade se conheçam, se aproximem e organizem ações que auxiliem os interesses de todos os brasileiros residentes na região.

As reuniões do Conselho são abertas à todos os brasileiros, principalmente àqueles que vivem dentro da nossa área de atuação, que abrange os estados do Alasca, Washington, Oregon, bem como a região Norte da Califórnia. Elas acontecem mensalmente, na sede do Consulado-Geral, localizado à 300 Montgomery Street, Suite 300, São Francisco, CA, 94104.

Membros do Conselho:

Embaixador Eduardo Prisco (Presidente do Conselho)

Denise B. Cunha (Secretária do Conselho)

Carlos Innecco

Carmen Lamha

Danilo da Costa

Flávia Pinto

George Woyames

Otaviano Araújo Júnior

Padre Hugo de Paiva França

Pastor José Ribamar Monteiro Júnior

Sérgio Mello

Thays Portugal

Valéria Braga Araújo

Valéria D. S. Sasser

Os Conselhos de Cidadãos no Manual de Serviço Consular

CAPÍTULO 3º

ASSISTÊNCIA E PROTEÇÃO A BRASILEIROS

SEÇÃO 2ª

CONSELHOS DE CIDADÃOS

3.2.1 Os Conselhos de Cidadãos constituem foro informal e apolítico de aconselhamento, de composição rotativa, com o objetivo de encurtar as distâncias ainda existentes entre os nacionais que vivem no exterior e a rede consular, estabelecendo a ponte Governo/Sociedade civil no exterior.

3.2.2 Os Conselhos são compostos por um Presidente e por um número de no mínimo 08 e no máximo 16 cidadãos brasileiros, devendo ser constituídos, sempre por instrução da Secretaria de Estado, junto às Repartições Consulares em cuja jurisdição haja um número expressivo de brasileiros.

3.2.3 Os Conselhos de Cidadãos devem ser presididos pelo Cônsul-Geral ou, no mínimo, pelo Ministro Conselheiro, quando não houver representação consular na capital e secretariados pelo diplomata encarregado do Setor Consular. As atas, registrando as deliberações do Conselho, serão afixadas na área de recepção ao público, para ampla divulgação.

3.2.4 A participação nos Conselhos de Cidadãos dá-se mediante convite dos Presidentes dos mesmos, devendo sua composição refletir, tanto quanto possível, o universo da comunidade. A rotatividade de sua composição deve obedecer, em princípio, periodicidade bienal. A SERE/DAC receberá relação dos integrantes do Conselho de Cidadãos.

3.2.5 As reuniões dos Conselhos devem realizar-se na sede da Repartição Consular, ou em outro local de semelhante representatividade, de preferência quadrimestral ou semestralmente, segundo as peculiaridades locais ou, extraordinariamente, a juízo do Presidente. A participação dos integrantes dá-se em base voluntária, não cabendo qualquer tipo de remuneração por parte do Governo brasileiro.

3.2.6 Os Presidentes dos Conselhos devem assegurar-se de que as ações e decisões dos Conselhos sejam divulgadas à comunidade brasileira.

Sobre o Blog

Este Blog é uma iniciativa para dar mais transparência ao Conselho, publicizar suas reuniões e aumentar os canais de diálogo entre este e a comunidade. Ele foi criado em 2010 pela então membro do Conselho de Cidadãos de São Francisco, Fernanda Martinez de Oliveira. O blog foi editado por ela até 2012, quando Fernanda assumiu uma posição de Assessora do Departamento de Promoção Comercial e Investimentos do Ministério das Relações Exteriores e teve que desligar-se do Conselho de Cidadãos de São Francisco. Em 2013 o Conselho de Cidadãos está assumindo a edição do Blog com o intuito de continuar a missão de maior transparência e diálogo.

Os conteúdos aqui disponibilizados têm unicamente caráter informativo. O Conselho, a antiga editora e os novos responsáveis pelo Blog não assumem qualquer responsabilidade relativa às informações contidas neste Blog e à possíveis danos provocados pelas mesmas.